27/03/2017

Nosso olhar transformador

Dados recentes sobre o Ensino Médio disponíveis no INEP* demonstram que o rendimento escolar da média de alunos é maior nas escolas privadas do que nas escolas públicas, dadas as questões ambientais das famílias (social, cultural e econômica), bem como pela diferença de recursos tecnológicos educacionais que são oferecidos em maior abundância nas escolas privadas. Esse é um dos fatores que causa o desequilíbrio nas oportunidades, quer no ingresso ao mundo do trabalho, como na continuidade acadêmica.

O Programa Homem do Amanhã da Aehda, desde que foi criado, procura combater essa distorção, preparando seus usuários tanto para o ingresso no mundo do trabalho, como para a continuidade escolar, com apoio das empresas e escolas da cidade, tendo no fortalecimento de vínculos, nas suas oficinas formativas e no Estágio Social, comprovados estímulos de inclusão.

A bolsa estágio social contribui para a criação de uma renda familiar mínima. Em muitos casos, ela passa a representar perto de 70% da renda familiar e o jovem tem de estar matriculado e buscando alto rendimento escolar para concorrer às vagas disponíveis.

De posse do estímulo financeiro decorrente da inserção no mercado de trabalho, o jovem melhora sua proficiência escolar, conquista crescimento pessoal, eleva sua autoestima e participa da sociedade com uma visão equilibrada de cidadão autônomo, portador de direitos e deveres.

Veja comparações:

* O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), cuja missão é promover estudos, pesquisas e avaliações sobre o Sistema Educacional Brasileiro com o objetivo de subsidiar a formulação e implementação de políticas públicas na área educacional a partir de parâmetros de qualidade e equidade, bem como produzir informações claras e confiáveis aos gestores, pesquisadores, educadores e público em geral.

Onoma implanta Sistema Digital para Gestão da Qualidade Aehda

A empresa Onoma Gestão Empresarial concluiu, neste mês, a implantação de seu sistema digital de controle de processos do Sistema da Garantia da Qualidade na Aehda. Desenvolvido pela própria consultoria, o sistema ERP (ERP, é uma sigla em Inglês que significa Enterprise Resource Planning, ou, Planejamento dos Recursos da Empresa) permite arquivamento, interação entre os usuários, inclusão de dados e estatísticas visando apoiar a administração de forma dinâmica e racional.

O ERP Onoma foi desenvolvido com método inovador, partindo de conceitos bem definidos em normas técnicas de gestão de qualidade, aplicada em mais de 150 países no mundo, como a ISO 9001, ISO 14001 e outras. Customizado às necessidades do cliente, o sistema pode auxiliar também em processos comerciais, financeiros, logísticos e administrativos em geral, além do Sistema da Qualidade. Ele gera diversos relatórios e gráficos, é atualizado constantemente e tem baixo custo para implantação.

No caso a Aehda, o sócio proprietário José Adriano Francisco disponibilizou tanto a consultoria como o sistema de forma filantrópica, visando digitalizar e controlar toda a documentação pertinente à sua certificação em ISO 9001, pela Bureau Veritas Certification, desde de 2005. A ação faz parte do convênio de parceria que Aehda e Onoma Gestão Empresarial possuem desde 2014, por meio do projeto Qualidade a Mais, pelo qual muitos jovens da entidade são habilitados no sistema digital e também nos conceitos de gestão da qualidade.

Para saber mais, consulte www.onomagestaodigital.com.br, ou, telefone para (19) 3542.9091

Nova turma de Designer Jovem na Aehda


O Instituto Cooperforte, em mais uma parceira com Aehda, obtida por meio de seleção pública nacional, está investindo neste ano valor de R$ 50.910,00 para formar 20 jovens nas práticas de Designer Gráfico. O projeto, iniciado em fevereiro de 2017,  envolve atividades teóricas e práticas ligadas à área de computação gráfica, editoração eletrônica e fotografia.

Segundo a proposta, o projeto tem como meta inserir os beneficiários no mercado de trabalho e, dentre os resultados esperados estão a complementação da renda familiar, aumento da qualidade de vida, elevação dos níveis de instrução dos jovens e autonomia profissional.
O valor do investimento apoia as atividades dos educadores sociais, assistente social, instrutor especializado, permite acesso aos equipamentos de informática de última geração, com softwares Corel Draw e Photoshop e modernas câmeras digitais. Embora não seja um curso profissionalizante, o usuário da oficina conclui o programa com habilidades básicas para desenvolver serviços e comunicação gráfica em Editoras, Agências de Propaganda, Jornais, Empresas de Eventos, além de áreas de comunicação de diversos setores empresariais.

15/02/2017

Aehda abrigará evento sobre Ansiedade e Depressão

"Depressão" é o tema adotado pela Organização Mundial da Saúde para este ano, tendo por ponto marcante sempre o dia sete de abril, que marca o "Dia Mundial da Saúde". Como uma das principais doenças do século e que já não pode ser mais ignoradas pelos Países de todo o mundo, a OMS estima que mais de 350 milhões de pessoas sofram com ela, enquanto que a "Ansiedade" chega perto de 33% da população, atingindo crianças, jovens, adultos e idosos.

Em Araras, o tema será debatido em 8 de abril de 2017,sábado, a partir das 14 horas nas dependências da Aehda, sede Belvedere, em parceria com a Rede Opinião de TV, Jornal Cidade de Rio Claro, O Jornal de Rio Claro e Geek Gift Box Camisetas. A organização é conduzida pelas psicólogas Elaine A. R. Reis e Nayara dos Santos, atuantes na área clínica com psicoterapia, avaliação e reabilitação cognitiva.

Interessados em participar devem buscar contato pelos fones (19) (19) 9.9618-2338 (Elaine), ou, (19) 9.7102-2203 (Nayara). Para realizar a inscrição basta encaminhar um e-mail ao endereço: nds.psicologia@gmail.com contendo nome completo, RG, CPF, telefone e endereço de e-mail.



Últimas vagas do Vestibular e Concurso de Bolsas da Uniararas

A FHO|Uniararas tem inscrições abertas para as vagas remanescentes do Vestibular e Concurso de Bolsas 2017. Os interessados em participar do processo seletivo, que acontece dia 05 de março na Instituição, devem se inscrever pelo site (www.uniararas.br) até o dia 03.

O concurso visa à concessão de bolsas de estudos parciais (50%) para os cursos de graduação presenciais nas áreas da saúde, engenharia, tecnologia, educação e negócios. As bolsas são destinadas exclusivamente aos alunos ingressantes, que não possuam qualquer vínculo acadêmico com a Instituição no ato da inscrição; não tenham diploma de ensino superior e possuam renda familiar de até 03 (três) salários mínimos por pessoa. Este ano, alunos de escolas particulares que atendam a estes requisitos também podem participar do concurso.

Além disso, a FHO|Uniararas também oferece o PagFácil -  programa de crédito estudantil próprio – que permite que o aluno pague até metade do curso depois de formado, sem análise de crédito e sem juros, somente com os reajustes anuais das mensalidades.

Vestibular e Concurso de Bolsas FHO 2017 – Vagas Remanescentes

Inscrições até 03 de março
Prova: 05 de março
Início da prova: 9h
Local: FHO|Uniararas – Av. Dr. Maximiliano Baruto, 500 – Jd. Universitário CEP:13607-339 – Araras / SP
Informações: 0800 770 44 55 ou processoseletivo@uniararas.br

17/01/2017

Uniararas - Inscrições para o Concurso de Bolsas seguem até dia 19/1/2016

As inscrições para o vestibular e concurso de bolsas 2017 da Uniararas (Fundação Hermínio Ometto) seguem abertas até quinta-feira, (19/1). Os interessados em participar do processo seletivo devem se inscrever pelo site www.uniararas.br, e a prova acontece no domingo (22/1), a partir das 9h, na própria instituição.
O concurso visa à concessão de bolsas de estudos parciais (50%) para todos os cursos de graduação presenciais na área da saúde, engenharia, tecnologia, educação e negócios. As bolsas são destinadas exclusivamente aos alunos ingressantes, que possuem qualquer vínculo acadêmico com a instituição no ato da inscrição; não tenham diplomas de ensino superior e possuam renda familiar per capita de até três salários mínimos. Este ano, alunos de escolas particulares que atendam a estes requisitos também poderão participar do concurso.

A Uniararas também oferece o Pagfácil - programa próprio de crédito estudantil - que permite que o aluno pague até metade do curso depois de formado, sem análise de crédito e sem juros, somente com os reajustes anuais das mensalidades.

Fonte: Tribuna do Povo, 17/1/17